Widget Image
Widget Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim

Assine a nossa newsletter

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Espetáculo “Mata Rasteira” será apresentado no Espaço Cultural Tambor Mineiro

Peça tem sessão única no sábado, 14 de setembro; Ingressos custam R$ 20
Por Redação Feira Cultural

O projeto Solo Negro traz em 2019, em sua quarta edição, a peça “Mata Rasteira”, com o ator Rodrigo Negão (Grupo Caras Pintadas). O Espetáculo é inspirado no romance homônimo do autor paulista Abner Laurindo, com direção e dramaturgia de Gabriel Coupe. A temática central são as rebeliões nos quilombos, nas senzalas e a luta dos negros desde o período colonial até os dias de hoje, encenada com os fundamentos e a musicalidade da capoeira, e com a contação de histórias dos Griots africanos.

Tudo começa com a odisseia de Nlongi, um menino nascido em Angola, na África, que é sequestrado e escravizado por corsários portugueses e trazido para o Brasil, onde participa de importantes movimentos de resistência cultural e guerreira do povo negro em sua ânsia pela liberdade. O espetáculo acontecerá no sábado (14), sábado, às 21h, no Espaço Cultural Tambor Mineiro, com ingressos a R$ 20 (inteira).

A partir do encontro do Grupo Caras Pintadas de teatro com o romance “Mata Rasteira – A origem da resistência” do escritor sorocabano Abner Laurindo, a narrativa leva espectadores de todas as idades em uma viagem pelos mares, indo ao encontro da ancestralidade e historicidade das personagens africanas que se veem nas garras do sistema escravocrata, cujos reflexos nos transportam de volta até os dias de hoje.

“Mata Rasteira” é um grito por liberdade que emerge da efervescente produção negra no teatro nacional, trazendo com ludicidade uma mensagem urgente e acessível a um público que nos dias de hoje é marcado pela diversidade. Seu objetivo é colocar em cena uma perspectiva histórica sobre a luta constante dos negros contra a escravidão em todas as suas facetas cotidianas, institucionais e culturais.

O projeto Solo Negro consiste na realização de espetáculos de artes cênicas que dialoguem com a cultura afro-brasileira contemporânea ou tradicional e que tenham um formato solo, ou reduzido, formado por artistas negros. O projeto tem o patrocínio do Instituto Unimed-BH, viabilizado pelo incentivo de mais de 5 mil médicos cooperados e colaboradores.

Crédito da imagem em destaque: Ramon Brant

Serviço:
Espetáculo “Mata Rasteira”
Data:
14/9 (sábado)
Horário: 21h
Local: Espaço Cultural Tambor Mineiro
Endereço: Rua Ituiutaba, 339 – Prado
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada)
Informações: (31) 3295-4149