Widget Image
Widget Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim

Assine a nossa newsletter

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Sede do Núcleo de Estudos Fotografia Arte e Cultura será inaugurada no sábado

Com programação dedicada à fotografia espaço criado pelos fotógrafos Guto Muniz, Madu Dorella e Beto Eterovick, propõe um espaço pioneiro em Minas, voltado para a formação do olhar e discussão de linguagens dentro do universo da arte e da cultura
Por Redação Feira Cultural

Com a proximidade do dia internacional da fotografia, tradicionalmente comemorado em 19 de agosto, no sábado (17), os fotógrafos Guto Muniz, Madu Dorella e Beto Eterovick se juntam para inaugurar a sede Núcleo de Estudos Fotografia Arte e Cultura. A Festa da Fotografia será celebrada de 10h às 18h com diversas atividades simultâneas como o Varal de Trocas Fotográficas, a Feira de Fotografias, a Livraria Foto em Pauta, Retratos Customizados, o FOTOaPÉ, o espaço Super Câmera, Lançamento da Coleção Giramundo da Cena Vestida. A sede do Núcleo de Estudos Fotografia Arte e Cultura – Núcleo FAC fica na Rua Michel Jeha, 142A, no bairro São Bento. A entrada é gratuita.

Iniciativa é dos fotógrafos Beto Eterovick (esq.), Madu Dorella (centro) e Guto Muniz (dir.) © Nereu Jr

Criado em 2017 pelo trio de fotógrafos, durante dois anos e meio, o núcleo ocupou uma sala do Conservatório de Música da UFMG. Neste ano, nasceu o desejo de ter a sede própria, ampliando e diversificando a grade de cursos, além de programações periódicas, como exposições, workshop, abrindo espaço para trabalhos autorais, na área de fotografia, performance e artes plásticas. A programação completa do evento está disponível neste link.

Segundo o fotógrafo e professor Guto Muniz, o Núcleo surge da necessidade de criar um espaço diferenciado que escapasse do viés de formação técnica, já abordado pela grande maioria das escolas de fotografia. “Nas programações e cursos queremos discutir a linguagem fotográfica e também o pensamento e o fazer fotográfico e suas inter-relações com as demais artes e a cultura em geral. Nosso foco é a relação com aquilo que torna o trabalho de um artista genuíno e peculiar: o olhar e a autoralidade”, explica.

Como proposta semelhante até agora, tem o Ateliê da Imagem, no Rio de Janeiro. Com tônica espaço oferece já neste início cerca de 25 cursos com uma equipe de professores/colaboradores altamente reconhecidos nos meios fotográfico, artístico e acadêmico, entre eles, Paula Huven, Marcia Charnizon, Tibério França, dentre outros.

Além da grade de cursos, o espaço conta com Sala principal multiuso, projetada para se adaptar as mais diversas necessidades dos professores em suas aulas; Sala de reuniões, também pensada para funcionar como sala de aula para pequenos grupos, leituras de portfólio, atendimentos individualizados, consultorias técnicas e artísticas, dentre outros; Galeria de arte; Biblioteca especializada, Bureau de impressão fineart e Laboratório fotográfico analógico (químico).

“Indo além de uma escola de fotografia e artes, o Núcleo FAC busca consolidar-se como um espaço cultural da capital mineira. Um local de encontros e de fruição de ideias, através da realização de feiras, happy hours, exposições, lançamentos de livros, palestras e diversos outros eventos”, reforça o fotógrafo.

Sobre os fundadores do Núcleo FAC

Guto Muniz
Como fotógrafo, atua há trinta e dois anos em projetos culturais. Foi responsável pela cobertura de diversas edições de importantes eventos das artes cênicas mineiras, como o FIT-BH, Festival Internacional de Teatro de Bonecos, Festival Mundial de Circo, Encontro Mundial das Artes Cênicas, Mostra Internacional de Solos e Duos, Horizontes Urbanos, Fórum Internacional de Dança, dentre outros. Criador da Foco in Cena, empresa dedicada a projetos fotográficos, culturais e educacionais. Como professor, ministra disciplinas de fotografia em diversos cursos de graduação e pós-graduação de Belo Horizonte. Criou e coordenou o curso “Fotografia, Arte e Cultura”, integrante do Programa de Desenvolvimento Profissional da PUC Minas.

Madu Dorella
Madu Dorella é fotógrafa, formada em Comunicação / Relações Públicas e Pós-graduada em Gestão Cultural. Tem estudos desenvolvidos sobre a estética do Grafite e trabalhos fotográficos em mostras, exposições e publicações. É sócia do Coletivo CultivArte, onde vem atuando efetivamente junto a grupos e entidades ligadas à fotografia e as artes no sentido de elaborar, produzir, promover e difundir projetos importantes para o cenário cultural do país. Membro do Forum Mineiro de Fotografia Autoral, participou como representante das Artes Visuais na Comissão Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte e trabalha junto à organização do Festival de Fotografia de Tiradentes, na organização e curadoria de convocatórias.

Beto Eterovick
Biólogo de formação, mineiro de Belo Horizonte, Beto Eterovick é fotógrafo e trabalha há quase 20 anos no mercado de Minas Gerais, principalmente. Participou de diversas exposições coletivas em Minas Gerais e mostras de fotografia. Atua no mercado publicitário e eventos, principalmente no ramo da fotogastronomia. Seu trabalho autoral gira em torno da cultura, natureza e pessoas das regiões brasileiras. É sócio fundador do Coletivo CultivArte, atuando nas artes visuais e projetos de produção de exposições, mostras fotográficas, entre outras. Participou de 2 residências artísticas em aquarela com o artista Rubens Matuck e cursou a extensão em aquarela livre da Faculdade Guignard no ano de 2017. Nos últimos anos tem dedicado seu trabalho autoral aos estudos e ensaios sobre o campo das artes visuais, aquarela e fotografia.

Crédito da imagem em destaque: Divulgação

Serviço:
Festa da Fotografia – Inauguração do Núcleo FAC
Data:
17/8 (sábado)
Horário: 10h às 18h
Local: Núcleo de Estudos Fotografia Arte e Cultura – Núcleo FAC
Endereço: Rua Michel Jeha, 142A – São Bento
Entrada gratuita
Informações:
(31) 3234-8500 | nucleofac.com.br