Widget Image
Widget Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim

Assine a nossa newsletter

[contact-form-7 404 "Not Found"]

#COLUNADODIAN

Nessa chuva de pontos finais
Sou recomeço
Sou fim
Apenas pareço o que sobra de mim

Me deixo ir com o tempo
Me sopro, vento, me vou
Saio do estado lamento
Construo esse caos que sou

Não vivo no agora
Não estou no presente
Sinto tudo que está por vir
Pergunto, ‘por que não sente?’

Se há nos pontos finais
O poder de exterminar
Espero.
Como haveria de findar se sou eterno?

Minha poesia é!

Circunspecto sorriso amarelo
De homens de poder sem cor
De atos impensados à dor
Do grilhão no cérebro, mito

Repito

Talvez nada vos acordará
E esse mundo já se perderá
Por ser um tanto esquisito

TORTURA APÓS O FIM

 

Trilhos que não trilham © Dian Pinheiro /Acervo pessoal

 

Siga o Dian no Instagram