Widget Image
Widget Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim

Assine a nossa newsletter

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Orquestra Mineira de Rock celebra 20 anos de história

Repertório conta com canções autorais, temas da música erudita e clássicos do rock como Beatles, Queen e Yes
Por Redação Feira Cultural

Grupo comemora duas décadas de estrada com repertório recheado de sucessos © Vitor Maciel

A Orquestra Mineira de Rock, formada por três das principais bandas de rock autoral de Minas Gerais – Cartoon, Cálix e Somba, celebra 20 anos de história com apresentação especial no Grande Teatro do Palácio das Artes. O show acontece no domingo (9), às 19h30, e os ingressos estão à venda a partir de R$ 10,00 (meia-entrada), na bilheteria do teatro ou neste link.

Formada por Renato Savassi, Sânzio Brandão, Marcelo Cioglia, Rufino Silvério, André Godoy, Khadhu Capanema, Khykho Garcia, Raphael Rocha, Bhydhu Capanema, Avelar Jr, Léo Dias, Guilherme Castro e André Mola, a Orquestra vai apresentar um repertório especial no show de domingo, reunindo canções autorais, temas da música erudita e clássicos do rock como Beatles, Queen e Yes. Além disso, o público pode esperar algumas surpresas.

Tudo começou quando as bandas se reuniram para um show na Pampulha, em 1998. A ideia deu tão certo que transformou a OMR em um dos mais importantes e bem-sucedidos movimentos musicais do início dos anos 2000 no estado. “Quando começamos a fazer show juntos, as três bandas tocando separadas, no final sempre fazíamos uma jam session, que foi aumentando gradativamente, tomando um rumo e uma forma completamente diferentes. O público encampou a ideia e isso acabou virando um projeto muito maior do que pensávamos”, explica Guilherme Castro, líder do Somba.

Além das duas décadas, o show também comemora um outro elemento importante. “São também os nossos 20 anos de amizade, que se iniciou em 98 e ficou mais forte a partir da OMR. Uma amizade que é fundamental para a existência da Orquestra, um elemento que faz o projeto ter a força que tem, o que, inclusive, transparece nos shows. Um elemento além do musical que faz esse encontro ser tão bem-sucedido ”, comenta Renato Savassi, líder do Cálix.

“Celebrar os 20 anos do projeto, para nós, significa a coroação de tudo que idealizamos em nossa vida como músicos. Juntar tanta gente legal, amigos e artistas muito competentes, grandes músicos, comemorar essa realização num lugar como o Palácio das Artes, para nós é realmente um momento de êxtase. Acredito que vai ser uma noite muito especial, um show onde a gente vai fazer o melhor que a orquestra pode oferecer ”, explica Khadhu Capanema, líder do Cartoon.

Apresentação acontece no domingo, no Grande Teatro do Palácio das Artes © Vitor Maciel

O espetáculo no Palácio das Artes é também uma celebração da volta da Orquestra Mineira de Rock. “Começamos lá atrás, tivemos uma pausa em que ficamos sem fazer shows, e quando a gente voltou, retomamos o projeto de uma forma diferente, do jeito que a gente sempre quis desde o começo. Ao invés de um show das três bandas separadas, queríamos atuar realmente como uma junção de 13 músicos, tocando, além das nossas referências da música erudita e do rock, as músicas autorais. Conseguir voltar com esse nível de entrosamento e montando esse show, é um motivo enorme para comemorar. E isso se reflete nos shows sempre com casas lotadas, ingressos esgotados, público feliz e emocionado”, comemora Renato Savassi.

O local escolhido para o show de 20 anos não podia ser mais especial. “É uma grande emoção para a gente voltar ao palco do Palácio das Artes. Primeiro porque lá é um lugar onde todos nós já realizamos shows memoráveis. O Cartoon, por exemplo, lançou o álbum Bigorna lá (2002) com casa lotada, os outros shows da OMR que fizemos lá sempre contaram com um grande público. Segundo é pelo que o Palácio das Artes representa para a nossa cidade. Todos nós da Orquestra frequentamos e já assistimos shows de grandes artistas e ídolos nossos no Grande Teatro. É a referência de um lugar suntuoso, onde coisas grandiosas acontecem. Então, poder estar ali também, não só como plateia mas como artista, nos engrandece muito, nos sentimos prestigiados quando conseguimos fazer um evento tão legal acontecer num lugar tão especial”, diz Khadhu.

Crédito da imagem em destaque: Vitor Maciel

Serviço:
Show 20 anos Orquestra Mineira de Rock
Data:
9/12 (domingo)
Horário: 19h30
Local: Grande Teatro do Palácio das Artes
Endereço: Av. Afonso Pena, 1.537 – Centro
Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada)
Informações: (31) 3236-7400 | fcs.mg.gov.br