Widget Image
Widget Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim

Assine a nossa newsletter

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Mulheres de Luta apresenta cena-performance “Todas as Vozes, Todas Elas”

Montagem pretende colaborar com a reflexão e conscientização das mulheres nos seus diversos espaços de ocupação; Montagem será apresentada na sexta-feira, 30 de novembro, no Centro Cultural UFMG
Por Redação Feira Cultural

Papel e resistência das mulheres em seus diversos espaços é um dos temas abordados pela montagem © Kika Antunes

Com a proposta de retratar a realidade da violência patriarcal e a tomada de consciência de se ser mulher, o Grupo de Teatro Mulheres de Luta apresenta a cena-performance Todas as Vozes, Todas Elas. O espetáculo, que tem direção de Cristina Tolentino, será apresentado na sexta-feira (30), no Centro Cultural UFMG. A entrada é gratuita e a apresentação tem início às 12h30.

No cerne da cena-performance estão a luta, a liberdade, a independência, a união, a beleza, a voz que surge e se coloca, sonhos para além do dia-a-dia: trajetória de mulheres comuns que encontram na luta o sentido das suas vidas. O antes, o agora e o que há de vir. Com essa montagem, o Mulheres de Luta pretende colaborar para a reflexão, consciência, organização e ações das mulheres nos seus diversos espaços de atuação.

O Grupo de Teatro Mulheres de Luta foi fundado em outubro de 2017 por mulheres moradoras da Ocupação Carolina Maria de Jesus. “Somos um coletivo de pesquisa teatral sobre questões feministas com foco na trajetória de mulheres que, na luta por moradia, passam da limitada vida doméstica para um outro lugar, o da luta revolucionária pela dignidade humana, dando um sentido libertário às suas vidas e à sua comunidade”, diz a diretora Cristina Tolentino.

Grupo Mulheres de Luta surgiu em 2017, durante o Ocupa Política © Yasmine Rodrigues

O grupo pretende colaborar para a reflexão, consciência, organização e ações das mulheres nos seus diversos espaços de atuação. O projeto teve início com a criação e apresentação da cena-performance “Todas as Vozes, Todas Elas”, que estreou no evento Ocupa Política, em 2017.

O grupo já se apresentou em vários eventos e espaços, como a Ocupação de Mulheres no Barreiro, Casa de Referência da Mulher Tina Martins, Faculdade de Direito da UFMG, Casa Sr. Tito de Lagoa Santa, instigando as rodas de conversa “Arte, cultura, feminismo e a luta das mulheres das ocupações”, “Mulheres: o sentido da luta para além das dores e desafios”, “Resistência feminista: o dia a dia e as lutas sociais”.

O grupo já se apresentou também na mostra Não vai ter copa, na ZAP 18, no II Simpósio Interdisciplinar Arte e Ciências Humanas Integradas (Galpão Cine Horto), mostra Ela Manifesta (Teatro João Ceschiatti, Palácio da Artes) e Festival de Cenas Curtas (Galpão Cine Horto). A apresentação integra o projeto Baixo Centro En[cena], como parte da programação do programa Muitas Culturas nos Campi. O projeto tem como objetivo oferecer ao público do baixo centro de Belo Horizonte uma programação gratuita de espetáculos teatrais toda última sexta-feira do mês, às 12h30.

*Crédito da imagem em destaque: Kika Antunes

Serviço:
“Todas as Vozes, Todas Elas” – Baixo Centro En[cena]
Data:
30/11 (sexta-feira)
Horário: 12h30
Local: Auditório do Centro Cultural UFMG
Endereço: Av. Santos Dumont, 174 – Centro
Entrada gratuita
Informações:
(31)3409-8280 | ufmg.br/centrocultural