Widget Image
Widget Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim

Assine a nossa newsletter

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Obra de Hilda Hilst é analisada em evento de literatura

Letra em Cena. Como ler… acontece no Centro Cultural Minas Tênis Clube e tem participação de Eliane Robert de Moraes e Bruna Kalil
Por Redação Feira Cultural

A poeta paulista Hilda Hilst (1930-2004) é a focalizada da edição de abril do programa literário do Centro Cultural Minas Tênis Clube, “Letra em Cena. Como ler…”. No dia 10 de abril, às 19h, no Café Cultural, a obra de Hilda será analisada por Eliane Robert de Moraes, professora de Literatura Brasileira da Universidade de São Paulo, USP. A leitura de textos da poeta será feita por Bruna Kalil, poeta e atriz. As inscrições gratuitas para o evento podem ser feitas neste link.

Hilst criou uma linguagem inovadora, abrangente e escreveu peças de teatro, cantatas e romances. Foi reconhecida por diversos prêmios de literatura e publicou mais de quarenta títulos, sendo que alguns deles foram traduzidos para inglês, alemão, francês e espanhol. No início dos anos 1990, Hilda publicou livros com a temática pornográfica, sendo a obra “O Caderno Rosa de Lori Lamby”, a mais afamada. Versátil, o escrito de Hilda Hilst, virou, em 2005, disco do cantor e compositor Zeca Baleiro.

O álbum “Ode descontínua e remota para flauta e oboé – De Ariana para Dionísio” conta com canções escritas para o texto “História do amor impossível de Ariana e Dionísio”, que faz parte do livro “Júbilo, memória, noviciado da paixão”, lançado em 1974.

Sobre o Letra em Cena. Como ler… – Com curadoria do jornalista e escritor José Eduardo Gonçalves, desde sua primeira temporada, em 2016, o “Letra em Cena. Como ler…”, programa literário do Centro Cultural Minas Tênis Clube, apresenta para ao público grandes clássicos da literatura nacional de forma não acadêmica.

Nas três primeiras temporadas foram analisados nome como Mário de Andrade por José Miguel Wisnick, Guimarães Rosa por Antônio Sérgio Bueno, Machado de Assis por Silviano Santiago, Ana Cristina César por Ítalo Moriconi, João Cabral de Melo Neto por Antônio Carlos Secchin, Clarice Lispector por Nádia Battella Gotlib, entre outros que levaram mais de cinco mil pessoas ao Café do Centro Cultural Minas Tênis Clube. Em 2018 serão oito encontros com clássicos da literatura brasileira que contemplarão nomes como Jorge Amado, Afonso Ávila, Manoel Bandeira, Rubem Braga, Cecília Meireles e Manoel Bandeira.

Serviço:
Letra em cena. Como ler Hilda Hilst. Palestrante Eliane Robert de Moraes
Data:
10/4 (terça-feira)
Horário: 19h
Local: Café do Centro Cultural Minas Tênis Clube
Endereço: Rua da Bahia, 2244 – Lourdes
Inscrições: sympla.com.br
Informações:
(31) 3516-1000 | centroculturalminastc.com.br