Widget Image
Widget Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim

Assine a nossa newsletter

[contact-form-7 404 "Not Found"]

#COLUNADODIAN Tag

mundo infinito carreira puxada em nota de cinco cerco o sóbrio nesse mundo real colossal fantasioso indolor como o gozo que não tem amor vivo sem saber quem sou sei, que meus sentires são exagerados que meu niilismo é bem moderado que fico no meio do muro entre me entregar à vida ou

A vida é quase um cigarro prazer que mata costume enquanto escarro o perfume das flores e loucos carros ultra passados as flores vivem em nós mesma composição mesma complexidade efêmera como a verdade sensível, cor, ação absoluta lutam com atrações e cores como se fossem canções mas são só flores somos canções amargas quando

Sempre me bastou a solidão O vazio Os voos que voei As abstrações que me distraem desde menino O homem que me tornei Pequeno Nesse mundo de dores tão variadas Eu sinto muito Sinto que sangro minhas jornadas Em suma, caladas, No silêncio lamento, acompanhado de julgamentos, Que não ajudam em nada

Tampouco escrevo por mim Ou por vocês Ou pelo mundo Ou pela Natureza Ou pelo amor Na maioria das vezes fico quieto Com essa maldita condição de sentir dor Com essa tortura de saber observar Além do necessário Com antenas pra captar um "amar" Em momentos raros Amor revolucionário As poesias nascem

Há na flor efêmera Efêmeras abelhas Centelhas de tudo Que nada se assemelha Universos complexos Compactados em vidas Seres sem moradas Confundidos com nada Buscam-se pelas coisas erradas Pelo poder aquisitivo Pelo corpo perfeito Altivo, mesmo imperfeito O que é imperfeição? Distrações que fogem do real valor Do real amor Do real calor Há dentro da