Widget Image
Widget Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim

Assine a nossa newsletter

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Edição 2018 do Savassi Festival se encerra neste fim de semana

Programação reúne atrações gratuitas e a preços populares
Por Redação Feira Cultural

Desde a sua criação, o Savassi Festival, evento criado em Belo Horizonte para promover o cenário do jazz e da música instrumental, tem se consolidado como uma das principais plataformas dedicadas ao gênero no estado e uma das mais importantes do país, inclusive com atuações no exterior como a criação do Savassi Festival Nova Iorque.

Para marcar o encerramento de sua 16ª edição, uma das mais especiais dos últimos anos, o festival promoverá, no sábado (11) e no domingo (12), atividades gratuitas e a preços populares na região da Savassi para celebrar o jazz e a música instrumental com apresentações instigantes e animadas.

No sábado, a programação do Savassi Festival começa com uma atividade gratuita no Palco Choro, na Livraria da Rua (Rua Antonio de Albuquerque, 913), às 12h, com a apresentação Chorando Jazz com Maria Bragança Quarteto. O projeto Chorando Jazz, criado em 2011 pela saxofonista Maria Bragança, realiza constantemente o trabalho de pesquisa buscando uma linguagem musical e estética que cria pontes entre o antigo e contemporâneo, o erudito e popular.

Em 2018, na performance dentro do Savassi Festival, o projeto apresentará ao público uma nova formação bem brasileira que, além da saxofonista conta com o violonista (sete cordas) Lucas Telles, com o violonista Samy Erick e com o baterista Rodrigo Lelles.

Frederico Heliodoro se apresenta no Teatro I do CCBB no sábado © Studio Tertualia

O CCBB-BH receberá no Teatro 1, às 16h30, o Ensaio Aberto do contrabaixista, guitarrista e compositor Frederico Heliodoro, pelo Projeto Música Nova, a iniciativa de comissionamento de composições autorais promovida pelo festival. Frederico é um dos maiores instrumentistas da nova geração, tendo lançado cinco álbuns completamente autorais, além de um novo trabalho inédito que será apresentado ao público ainda em 2018.

O artista volta ao palco do Teatro 1 do CCBB-BH às 20h para realizar a première da composição autoral inédita comissionada pelo Savassi Festival. Os ingressos estão à venda na bilheteria do teatro e custam Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada).

Outro espaço que receberá a programação do festival é o Café com Letras Savassi, que às 16h sediará o Jazz Remixed: DJ Anderson Noise, iniciativa que convida DJs a criarem e apresentarem sets de músicas explorando a multiplicidade sonora que só o jazz permite. Pioneiro e criativo, Noise é um dos maiores nomes da música eletrônica no mundo, com um trabalho vanguardista e contemporâneo, tendo se apresentado em mais de 32 países, além de já ter lançado 81 singles e EPs, 2 DVDs e diversos trabalhos por sua gravadora Noise Music, que completa 19 anos em 2018.

Às 20h, o Deangelo Trio agitará a noite do café com suas composições que combinam a música popular brasileira, o jazz, a música latino americana, mas sem deixar de contar com a sólida base de música erudita em que formou seus estudos. Fechando a noite, às 21h30, o Café com Letras Savassi também receberá o Jam Session do Festival, uma oportunidade para o público entrar em contato com todo o improviso e riqueza de criações livres do jazz. O couvert artístico custa R$ 15,00.

E o DJ Petulante apresentará o seu inventivo set de composições que vão do happy aazz, ao acid jazz e good vibes tracks, no Cabernet Butiquim Savassi (Rua Levindo Lopes, 12 e 22), às 17h.

Já no domingo, as atividades começam às 15h30, no Palco AeC, em frente ao Café com Letras Savassi, com a apresentação de Salomão Soares, um dos vencedores do Novos Talentos do Jazz, tradicional concurso voltado para bandas de jazz e música instrumental que foi criado para dar oportunidade a músicos com idade igual ou inferior a 30 anos.

Flautista e compositora premiada, Hadar Noiberg é atração do domingo © Clever Sangalaza

Em seguida, às 17h, o palco sediará a performance de Hadar Noiberg Trio, uma flautista e compositora premiada que está rompendo as fronteiras do que significa ser uma mulher gay e líder de banda no mundo contemporâneo, dinâmico e em constante transformação. Suas composições vão da música clássica ao jazz, passando pelo choro brasileiro e à música do Oriente Médio, proporcionando uma a experiência musical eclética que funde de forma harmônica todas essas influências.

A programação do jazz na rua continua, às 18h45, com a pianista e compositora paulista Louise Wooley, que apresentará sua obra comissionada para o Savassi Festival, por meio do projeto Música Nova. Apesar de jovem, Louise tem uma trajetória de destaque no meio da música, tendo participado de importantes festivais e eventos mundo afora, como o Festival Jazz a la Calle (Mercedes-Uruguai), a Virada Cultural de São Paulo (palco instrumental – por duas vezes – e palco Piano na Praça), além de vencer os prêmios “Prêmio Funarte de Música Brasileira” (2014) e BNDS – Novos Talentos” (2016).

Encerrando a programação do Palco AeC, às 20h30, o guitarrista e compositor Felipe Vilas Boas, participante do Música Nova, receberá a MG Big Band para apresentar a sua composição criada e lançada no Savassi Festival, além de convidar o público a conhecer seu instigante talento e composições dos estilos fusion e jazz, que o levou a vencer o Prêmio BDMG Instrumental em 2016.

Um dos vencedores do Novos Talentos do Jazz, Salomão Soares abre a programação do domingo © Luan Cardoso

Mais informações: savassifestival.com.br