Widget Image
Widget Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim

Assine a nossa newsletter

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Espetáculo “morada” propõe reflexão a respeito das relações familiares

Com dramaturgia do grupo AFO!TA Teatro, formado em São João del-Rei, peça estreia na capital mineira abordando a temática das relações afetivas familiares e fortalecendo o movimento do teatro e grupo no interior mineiro
Por Redação Feira Cultural

As famílias brasileiras estão se transformando. A concepção de “família tradicional brasileira”, formada por um casal heterossexual com filhos já não é dominante em números. Os novos arranjos familiares têm crescido cada vez mais, apresentando uma composição estrutural de lares mais moderna e contemporânea com casais sem filhos, mulheres solteiras, casais homoafetivos entre outras.

Essas mudanças se tornam ainda mais importantes, uma vez que o núcleo familiar seja apontado como principal responsável por ensinar e cultivar valores e conceitos ao cidadão. Partindo desta premissa, o grupo AFO!TA Teatro, de São João del-Rei, promove sua estreia no circuito teatral de Belo Horizonte com o espetáculo morada, um mergulho nas relações familiares ao expor afetos, desentendimentos, contradições e situações inerentes a todos nós.

A montagem será apresentada até 15 de julho, na sede da Fundação Nacional de Artes de Minas Gerais, a Funarte-MG. As sessões serão realizadas de quinta a sábado, às 19h, e aos domingos, às 20h. Os ingressos estão à venda na bilheteria da Funarte ou neste link e custam R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia-entrada).

“Procuramos desconstruir um pouco desse mito da ‘instituição família’. Tenho a impressão de que é mais embaraçoso, difícil, onde dói mais, as pessoas não mexem. É claro que tem muita coisa boa que acontece dentro de uma casa, mas existe um universo sombrio e perverso também. No espetáculo a gente traz tudo: toda a complexidade dos laços e desenlaces e dos sentimentos que permeiam as relações”, conta a atriz Priscila Natany.

A peça é resultado de um processo artístico e criativo onde os artistas experimentam formas diversas de colocar em prática na cena os discursos, inquietações e significados próprios perante o mundo, sempre em um trabalho horizontal e de construção semântica coletiva.

A montagem procura abordar a temática familiar apresentando questões universais e plurais presentes nas diferentes composições familiares da sociedade brasileira, não se limitando a situações específicas de determinada classe social, etnia, religião e orientação sexual.

“Ao eleger tratar sobre família, nos deparamos com questões como ‘O que há por trás da fachada de cada família/morada?’ Percebemos que no próprio grupo as percepções sobre essa ideia social eram bastante diferenciadas de acordo com a trajetória de cada um. Por isso, escolhemos trazer para a cena situações e figuras que de algum modo pudessem dar conta de questionar os formatos comumente aceitos de modo realista, mostrando as muitas faces das relações que se estabelecem neste meio e investigando como o tema gera confrontos e confortos em qualquer sujeito”, afirma o ator Kaike Barto.

Serviço:
Espetáculo “morada”, Grupo AFO!TA TEATRO
Período: até 15/7 (domingo)
Horário: quinta a sábado, às 20h; domingos, às 19h
Local: Funarte MG
Endereço: Rua Januária, 68 – Centro
Ingressos: R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia-entrada)
Informações: (31) 3213-3084 | funarte.gov.br
Classificação: 16 anos