Widget Image
Widget Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim

Assine a nossa newsletter

[contact-form-7 404 "Not Found"]

#COLUNADODIAN

Sou filho das palavras,
Sou forjado por elas,
Na teia de nossas vidas,
Nas entrelinhas não belas

O morfema é a semente,
Expande plantação lírica,
Cachoeira de poemas,
A palavra lançada é dita

Ditado popular,
Deitado na rede sigo,
De tudo sei nada pouco,
Demasiadamente fico

Expande mundo, expande!
Chora essa lágrima,
Na fábrica das palavras,
Dos códigos, dos números,
Chora menina se salva…

Forja palavras que trazem alívio,
Chora, que o choro precede o riso,
Chora, que a cobra avisa o guizo,
E nesse farol, sou tiro preciso,
Explode fonte de luz,
Escuridão avança,
Domina,
É tudo palavra,
Sem medo, menina!

Cedo, neblina,
Flores atordoadas,
Letras constroem tudo,
Do zero somado a nada,
Letras de uma jornada

Inteira sem consciência,
Ondas desanimadas,
Passarinho ciência…

Mar calmo,
Meros versos,
Meras almas,
Sentimentos expressos,
Feras calmas,
Meu olhar desatento
Fica assim sem esperança,
Parto de dentro palavras,
Forjadas no fulgor das lembranças…

Letra,
Palavra,
Verso,
Lua,

Assim me despeço,
Mas as palavras continuam

PALAVRAS INFINITAS

Sem título, ilustração de Thamiris Rezende

Siga o Dian no Instagram
Siga a Thamiris no Instagram