Widget Image
Widget Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim

Assine a nossa newsletter

[contact-form-7 404 "Not Found"]

[MISTÉRIOS DA MEIA-NOITE 02] – Saiba detalhes de ‘Castle Rock’ e relembre os vinte anos de ‘Torre de Babel’

Série é inspirada no universo de Stephen King; novela teve explosão icônica na TV
Por Antônio Pedro de Souza

Na segunda edição de Mistérios da Meia-Noite, apresentamos detalhes da nova série produzida por Stephen King e J.J. Abrams. Os dois dispensam apresentações: King é um dos autores mais prolíficos da atualidade e Abrams é um dos criadores de, nada mais, nada menos que Lost, uma das melhores séries da última década. Os dois trabalharam juntos em Novembro de 63, minissérie adaptada do romance de King e agora apresentam uma nova empreitada: Castle Rock. A nova série, com previsão de estreia em 25 de julho nos EUA, promete ligar várias pontas dos romances e contos de King. É algo sobre o “multiverso” do escritor, como vem acontecendo com os recentes filmes de heróis da DC e da Marvel. Já imaginou ter os diversos elementos de King em uma mesma história?

Pois é: Castle Rock combina a escala mitológica e a narrativa íntima das obras mais amadas de King, tecendo uma saga épica de escuridão e luz, disputada em alguns quilômetros quadrados de floresta do Maine. A cidade fictícia de Castle Rock, no Maine, figurou proeminentemente na carreira literária de King: Cujo, IT, O Corpo, entre outros, são alguns exemplos de histórias ambientadas neste cenário. A série oferecerá uma releitura de primeira qualidade explorando os temas e os mundos que unem o cânon de King, ao mesmo tempo que aborda algumas de suas histórias mais icônicas e queridas.

***

            Em 25 de maio de 1998, o Brasil deixava para trás o romance bucólico de Helena e Atílio que embalaram os meses em que Por Amor esteve no ar e passou a acompanhar a história forte e, até certo ponto, tumultuada de Sílvio de Abreu em Torre de Babel.

A trama já começa polêmica: Ainda no prólogo, o personagem Clementino, vivido por Tony Ramos, mata a esposa e um dos amantes dela com golpes de pá. Ele é preso e há uma passagem de tempo. Já em 1998, César (Tarcísio Meira), prepara-se para inaugurar seu mais novo empreendimento: o Tropical Tower Shopping.

Ainda na prisão, Clementino trama sua vingança e sai disposto a cumpri-la: ele pretende explodir o Tropical Tower Shopping, popularmente chamado de ‘Torre de Babel’.

Antecipando os passos de Clementino, um “assassino misterioso” inicia a explosão antes da hora, matando e ferindo várias pessoas. Começa então o grande mistério que vai permear a obra até o fim: ‘Quem explodiu a Torre de Babel’?

Sílvio de Abreu disse em entrevista à revista Quem, em outubro de 2010, que escrever ‘Torre de Babel’ “Foi uma dor de cabeça… uma novela de enorme sucesso, mas com muito protesto, muita perseguição de ONGs e igrejas, pessoal da tradição, família e propriedade. E não foi só pelo casal lésbico. Era uma novela violenta. Na cena em que os traficantes invadiam a casa dos personagens de Tarcísio (Meira) e da Glória (Menezes), era a primeira vez que se mostrava a droga na classe média. Isso chocou muito as pessoas. Tinha o José Clementino (Tony Ramos) que matava a mulher, tinha o outro que morria de overdose… era tudo muito forte.”

A cena em que o shopping explode foi um marco na teledramaturgia brasileira, ficando cerca de seis minutos no ar.

_____

Créditos das imagens:

Foto da explosão: Reprodução/TV Globo

Banner Castle Rock: Divulgação Site Oficial do escritor Stephen King